CATEQUESE !!!

Fazei tudo o que Ele vos mandar (Jo 2,5)

O Apóstolo São Lucas, no capítulo 24, versículos 13 ao 35 nos relata que Cléofas e um amigo, ambos tão tristes e desconsolados voltavam de Jerusalém a Emaús. A tristeza era tanta que nem lhes permitira notar que era exatamente Jesus quem os acompanhava nessa caminhada de volta para casa.
Vamos aqui refletir sobre estas situações:
a) o amigo de Cléofas, sem nome na Bíblia. Lucas esqueceu do nome dele? Lucas não sabia quem era ele? Ou Lucas deixou esse "espaço" para que cada um de nós pudéssemos participar dessa caminhada?
b) No nosso dia-a-dia, consumidos pelas nossas angustias e tristezas mundanas, será que nós também deixamos de notar a presença de Jesus caminhando ao nosso lado?
c) Quantas vezes agimos como Cléofas e seu amigo e, a qualquer desilusão, voltamos à nossa casa (esquecemos da Igreja e da nossa comunidade)?

A palavra é de vocês, amigos!!!

Exibições: 220

Responder esta

Respostas a este tópico

http://br.geocities.com/aguazul2001br/Biblia/Mensagem/Versiculo/Sl1...

AOS COOMPANHEIROS DE EMAÚS

QUERIDOS CATEQUISTAS COMPANHEIROS DE EMAÚS
O LINK ACIMA É SOBRE OS SALMOS.
PARA O TRABALHO DO PE. CARLO, DA ESCOLA CATEQUÉTICA.

FAÇAM BOM PROVEITO.

ABRAÇOS.

MARISA-TOLEDO
Penso que cada um de nós tem seus momentos nos quais mergulha em um universo tão particular que não percebe os sinais da presença de Jesus, mas basta que prestemos atenção por alguns instantes e se nosso coração estiver aberto, veremos o quanto Ele rege nossa vida e nos orienta na caminhada...
abraços a todos...
Bom querido Jorge falando dessa passagem bíblica lembro-me que São Lucas fala de dois Discípulos e afirma que um deles é Cléofas e o outro discípulo fica ímplicito pelo próprio evangelista...Segundo alguns estudos de Padres e teólogos podemos afirmar q o outro discípulo q estava na companhia de Cléofas seria justamente a sua esposa, pois são muitos os indícios...
1° Quando o evangelista se refere a DISCÍPULOS ele pode estar se referindo a dois homens ou não
2° Emaús era a cidade natal de Cléofas e naquele momento sabe-se que ele estava fugindo por ocasião da morte de seu mestre: Jesus
3° Durante a caminhada ao encontrar o forasteiro q foi como ele se referiu a Jesus quem tomou a palavra foi ele e sabe-se que na época a mulher calava enquanto o seu marido conversava com outras pessoas
4° Quando Jesus diz q irá passar a diante quem diz: - Não vá, fica conosco e senta-te à mesa é o outro discípulo e naquele tempo quem se preocupava em acolher os "hóspedes" se não as esposas?
5° Vocês devem estar se perguntando: Mas Cléofas não deixou tudo para seguir o mestre? Sim deixou, mais com sua morte, a primeira coisa q ele pensou foi em fugir e então voltou a pensar nas pessoas q ele amava e qual seria a pessoa q ele levaria com ele ao fugir da cidade?Sua esposa!
Bom espero q vcs concordem comigo...
Paz e bem a todos vcs...
Paz e bem, Ana Carolyne...

Muito boa a sua colocação com relação a Cléofaz e "o outro discípulo". Uma boa pesquisa poderia revelar dados bastante interessantes, se é que ainda existe além daquele que você mencionou. Parabéns.

Jorge.
Ana Carolyne Fontinele disse:
Bom querido Jorge falando dessa passagem bíblica lembro-me que São Lucas fala de dois Discípulos e afirma que um deles é Cléofas e o outro discípulo fica ímplicito pelo próprio evangelista...Segundo alguns estudos de Padres e teólogos podemos afirmar q o outro discípulo q estava na companhia de Cléofas seria justamente a sua esposa, pois são muitos os indícios...
1° Quando o evangelista se refere a DISCÍPULOS ele pode estar se referindo a dois homens ou não
2° Emaús era a cidade natal de Cléofas e naquele momento sabe-se que ele estava fugindo por ocasião da morte de seu mestre: Jesus
3° Durante a caminhada ao encontrar o forasteiro q foi como ele se referiu a Jesus quem tomou a palavra foi ele e sabe-se que na época a mulher calava enquanto o seu marido conversava com outras pessoas
4° Quando Jesus diz q irá passar a diante quem diz: - Não vá, fica conosco e senta-te à mesa é o outro discípulo e naquele tempo quem se preocupava em acolher os "hóspedes" se não as esposas?
5° Vocês devem estar se perguntando: Mas Cléofas não deixou tudo para seguir o mestre? Sim deixou, mais com sua morte, a primeira coisa q ele pensou foi em fugir e então voltou a pensar nas pessoas q ele amava e qual seria a pessoa q ele levaria com ele ao fugir da cidade?Sua esposa!
Bom espero q vcs concordem comigo...
Paz e bem a todos vcs...
1. Dos três evangelhistas sinóticos, Lucas, foi o que mais relatou parábolas nos ensinamentos de Jesus, oque para nós catequistas é uma fonte riquíssima catequese. Além de sua preocupação minuciosa com os destinatários de seu relato, com a difusão do Kerigma de Cristo e a construção da Igreja, acredito mesmo que Lucas poderia ter tido essa intenção, para com seus ouvintes da época.
Mas, essa possibilidade da intenção do evangelhis, hoje se transforma em certeza, quando, tantas vezes em nossa caminhada deixamos de reconhecer Jesus que "anda", "escuta", "fala" e sente nossos problemas e inquietações. Temos mesmo que nos colocar no lugar dos discípulos de Emaús que reconheceram Jesus Cristo os acompanhava na caminhada no momento da bênção e da partilha do pão. Momento em que, no relato, Jesus Cristo desaparece, pois, os dois discípulos então o reconhecem, crêem e dele se alimentam para enfrentar a viagem de volta à Jerusalém e testemunharem...

Nós catequistas devemos sempre viver os Sacramentos, sobretudo, buscar Jesus na Eucaristia, para que em nossa caminhada (discipulado) possamos receber a "força do alto" prometida por Jesus (o Espírito Santo) e realizarmos nossa missão certos de que ele está caminhando ao nosso lado, nos ouvindo, ensinando por meio de nós, sofrendo conosco nossos fracassos, e se alegrando com nossos sucessos, tudo, para Glória de Deus Pai.
realmente conheço o livro sim! e conheci o director de Emaus ., Um senhor bem simpatico, tinha mto, para oferecer, de bondade, aquem o prcura-se sim! ainda aqui em Portugal há uma especie de organizações para poder ajudar essa linda fraternidade
Colocando o testo para o nosso tempo e refletirmos um pouco, podemos ver que dentro dos nossos problemas, dificuldades, angustias não percebemos a presença do Nosso Senhor que esta sempre ao nosso lado em todos os momentos e não percebemos. Precisamos nestas horas mesmo segos sem ver o Senhor fazer como fez os discipulos "Fica com nosco Senhor", e chama o Senhor para a tua casa, trabalho onde você esteja com dificuldade convide o Senhor para ficar com você.
Gostaria de agradecer a Deus por cada um de vocês maravilhoso esta rede social de evangelização que Deus os abençoe.
Paz e bem Sueli.

Entendo a sua preocupação e tento justificar a reação do seu filho. Coloque-se no lugar dele. Perder um filho ou uma filha não deve ser coisa fácil de aceitar. É preciso ter uma grande fé em Cristo e uma formação cristã ainda maior para suportar a perda. Não estou dizendo que ele tenha razão, mas pretendo me colocar no lugar dele. Analizar o outro numa posição de paz e não de desespero, as vezes nos leva a ser rígidos, da mesma forma que São Paulo era no início da sua conversão, mas não posso deixar de entender a pureza da sua preocupação no relacionamento de seu filho com Deus. A reconversão chegará a qualquer momento, porém, muitas situações e comportamentos serão fundamentais para que isso aconteça.

Veja bem, depois de uma situação como essa, eu diria até que é natural. Não se assuste. Da mesma forma que você ama e se preocupa com o seu filho, ele também ama (eu não disse AMOU) a filha que perdeu. Se considerarmos que essa era a primeira filha (assim eu entendi), logo virá a pergunta: por que tinha que ser exatamente ela? Logo a primeira... Não bastasse isso, acrescentemos uma boa dose de fé quase esquecida, de caminhada que se perdeu por razões que somente ele pode responder (e que não devemos lhe perguntar, por respeito à sua própria liberdade, pois Deus assim nos criou e assim nos quer).

Analizando tudo isso, chego à conclusão de que ele está num desespero que não tem fim. E é aí que todo o nosso conhecimento e experiência catequética, a nossa fé e certeza que o Espirito Santo fará a sua parte, tem que vir à tona. Quantas vezes tivemos que passar por experiências bastante fortes para entender que a nossa caminhada não é somente a alegria de saber que somos evangelizadores. Não somente evangelizadores, mas DISCÍPULOS de Cristo.
Ser discípulo não é fácil.

Entender (e fazer entender) o que é o amor de Deus será possível através da oração. Somente com ela e por ela chegaremos à compreensão e levaremos as ovelhas para o rebanho do Senhor. Finalmente, Sueli, gostaria que você tentasse ler, com o seu filho, 1Cor 13, 4-7, utilizando a seguinte dinâmica: 1) ler o texto tal qual aparece na Bíblia; 2) voltar a ler, mas substituindo a palavra amor ou caridade (segundo a Bíblia que estiver usando) por Deus e reflexionar sobre o resultado da substituição, e 3) ler novamente, substituindo (amor ou caridade) pelo nome dele, e novamente reflexionar com a nova substituição. Nesse momento, propor um auto exame do tipo: Sou paciente? Sou prestativo? Sou invejoso? Me ostento? Me incho de orgulho? Nada faço de inconveniente? ....E por aí vai a coisa. Teste. Talvez ele consiga se superar. Talvez entenda que não é por onde ele anda que Cristo vai aparecer-lhe.

Espero possa ser-lhe útil. Aqui sempre estarei, no que for possível, para lhe ajudar.

Peço a Deus para que lhe abençoe e ilumine sua caminhada.
Estudamos essa passagem no encontro de formação de catequistas aqui da minha diocese, no RS. Muito interessante! Quando paramos para ler a Palavra, refletir sobre ela , experimentamos e descobrimos coisas tremedamente simples e extremamente importantes ...é isso...Deus é amor, na simplicidade, lâmpada para meus pés, luz para meu caminho...Abraço a todos.

Responder à discussão

RSS

CAPELA VIRTUAL

Vem meditar comigo

 

EU ESTOU AQUI

 

 

 

Membros

Fórum

Quem fundou a Igreja Católica???

Iniciado por Jorge Kontovski 11 Jan, 2018.

Batismo em crianças

Iniciado por laila patricia 28 Set, 2015.

Confissão para a Primeira Eucaristia de Crianças (entre 11 e 13 anos) ?? 7 respostas 

Iniciado por Jorge -Catequista de Adolescente. Última resposta de Delourdes P. Prado 2 Jun, 2014.

1°Encontro

Iniciado por ana maria barbosa de araujo 21 Mar, 2014.

Fotos

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Badge

Carregando...

LINKS

Estes contam com o meu apoio:

Baixar Livros Gratis em PDF
Baixar Livros Gratis

CATEQUESE E LUZ

PEQUENAS IRMÃS DA SAGRADA FAMÍLIA

Image

 

A PAIXÃO DE SER CATEQUISTA

Image

 

© 2020   Criado por Jorge Kontovski.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço